Saúde materna: conheça vitaminas e minerais importantes durante a gravidez

13


Ritmo de vida das gestantes pode dificultar a absorção de nutrientes pela alimentação; saiba como repor

Uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes, cereais integrais e proteínas consegue, de fato, trazer muitos benefícios para a saúde de um indivíduo. Mas e quando falamos em duas vidas? Durante a gravidez, o cuidado da gestante com a nutrição deve ser redobrado, já que a alimentação deve suprir as necessidades da futura mãe e também de seu bebê.

Com a rotina agitada, nem sempre é possível alcançar a meta ideal de vitaminas e minerais apenas com a alimentação. Uma forma de suprir essa carência e garantir uma gravidez saudável e balanceada é por meio de suplementos vitamínicos, como no caso do Nestlé Materna.

O produto conta com 22 vitaminas e minerais que são importantes para o desenvolvimento do bebê e para a gestante, como ferro, ácido fólico, vitamina C, cálcio, entre outros. Além disso, Nestlé Materna possui uma tecnologia exclusiva de comprimidos com três camadas, que liberam os nutrientes de forma controlada e garantem uma melhor absorção pelo organismo.

Conheça abaixo alguns dos principais nutrientes presentes no suplemento e de que forma eles impactam o sucesso da gravidez:

Vitamina A

A vitamina A oferece muitos benefícios para a saúde do bebê. Ela é importante para o desenvolvimento das células, visão, pele, sistema imunológico, crescimento dos ossos, metabolismo de gorduras e também produção de glóbulos vermelhos1.

Vitaminas do Complexo B

Vitaminas do tipo B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina), B5 (ácido pantotênico), B6 (piridoxina), B7 (biotina) e B12 (cianocobalamina) fazem parte do Complexo B. Cada uma oferece benefícios diferentes – e complementares – ao bebê durante a gestação. A vitamina B2 é importante para os ossos, músculos e desenvolvimento das células do sistema nervoso1, enquanto a vitamina B1 pode auxiliar na formação do cérebro e também do coração, além da conversão de carboidratos em energia1.

A vitamina B5, conhecida também como Ácido Pantotênico, também ajuda na produção de hormônios e colesterol2, melhorando a síntese de anticorpos do bebê1. A vitamina B6, por sua vez, está relacionada à formação de novos tecidos3 e também se destaca no desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso1, como outras vitaminas do Complexo B, além de ajudar na formação de novos glóbulos vermelhos1.

Já as vitaminas B7 e B12 têm relação com as seguintes funções: desenvolvimento de pele, unhas e cabelos; metabolismo de gorduras, carboidratos e proteínas; formação de glóbulos vermelhos; e manutenção de funções do sistema nervoso2 – este último graças à ação da vitamina B12, principalmente.

Selênio e iodo

O selênio é um mineral com ação antioxidante, ou seja, pode diminuir e neutralizar a ação de radicais livres no organismo, responsáveis pelo envelhecimento celular e pelo surgimento de doenças degenerativas4. Além disso, ele é extremamente necessário para a regulação da tireoide, atuando na conversão do hormônio T4 em sua forma mais ativa, a T34.

O iodo é outro elemento muito importante para o bom funcionamento da tireoide. Combinado ao selênio, o nutriente ajuda na sintetização dos hormônios T3 e T4, que, por sua vez, agem no crescimento físico, neurológico e também estimulam o metabolismo basal, de lipídios, proteínas, água e minerais5.

O suplemento vitamínico Nestlé Materna é um dos únicos do mercado com essa combinação de selênio e iodo, garantindo uma gravidez mais equilibrada, do ponto de vista nutricional. Estes são apenas dois dos 22 nutrientes presentes no suplemento, que conta ainda com ácido fólico, ferro e outras vitaminas e minerais de extrema importância para a gestante e seu bebê.

Nestlé Materna é ideal para mulheres que, devido a uma rotina intensa e agitada, necessitam de um reforço nutricional extra, além daquele garantido pela alimentação.

Vitamina C

Sempre associamos a vitamina C à melhora do sistema imunológico. Durante a gravidez, porém, esse nutriente apresenta outros benefícios – igualmente importantes. A vitamina pode auxiliar na reparação de tecidos e produção de colágeno – que, no bebê, é componente essencial de cartilagem, tendões, ossos e pele1.

Ácido Fólico

O ácido fólico é um dos mais importantes nutrientes para o sucesso da gestação e da formação do bebê. Além de estar envolvido com a síntese de proteínas, enzimas e sangue6, a vitamina ajuda a formar o tubo neural que abriga o sistema nervoso central do bebê3.

Cálcio

O cálcio é necessário para a saúde em todas as etapas da vida, do começo ao fim. Durante a gravidez, ele está associado com a formação de ossos, dentes, nervos, coração e músculos, além de ajudar a controlar a frequência cardíaca e o processo de coagulação sanguínea1.

Cromo e cobre

Estes minerais têm relação com desenvolvimento básico do bebê. O cromo ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue e estimular a síntese proteica em tecidos que estão se desenvolvendo1; o cobre, por sua vez, ajuda a formar o coração, o sistema nervoso, as artérias e os vasos sanguíneos1.

Ferro

Este nutriente oferece benefícios tanto para o bebê quanto para a gestante. O ferro está associado à formação de glóbulos vermelhos e fornece oxigênio às células para que elas cresçam e deem energia ao organismo1. Por isso, a partir do 2º trimestre de gestação, a gestante pode ganhar mais massa celular (por conta dos glóbulos vermelhos) enquanto o bebê passa a criar sua própria reserva de ferro3.

Por isso, a absorção de ferro deve suprir às necessidades de ambos. O mineral também está presente em Nestlé Materna, um suplemento vitamínico completo para as futuras mães que buscam uma gravidez equilibrada, saudável e muito prática.

Magnésio

O magnésio ajuda a regular níveis de insulina no sangue e também está ligado à reparação e formação de tecidos, além de estimular a formação de ossos fortes e saudáveis, com a ajuda do cálcio1.

Zinco

O zinco, apesar de ser o último da lista, é um nutriente que atua na base do desenvolvimento do bebê. Ele está relacionado ao crescimento celular (tanto da mãe quanto do feto)3, ajuda a formar órgãos e a desenvolver os sistemas nervoso e circulatório da criança1.

NESTLÉ MATERNA NÃO CONTÉM GLÚTEN. Nestlé Materna: alimento isento de registro de acordo com a Resolução RDC nº 27/2010. *3-layer: tecnologia de liberação de vitaminas e minerais em 3 camadas. Referências: 1. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução RDC no 269, de 22 de setembro de 2005. 2. Tabela Nutricional de Nestlé Materna. 3. WATTS, David L. Nutrient interrelationships: minerals, vitamins, endocrines. Journal of Orthomolecular Medicine, v. 5, n. 1, p. 11-19, 1990